Air India

A Air India está prestes a realizar uma grande encomenda de aeronaves para renovar a sua frota. A companhia indiana deve encomendar inicialmente 50 aviões Airbus A350, para substituir seus atuais Boeing 777.

Juntamente, a companhia indiana quer trocar os seus aviões da família A320ceo por 100 aeronaves do modelo A321neo, incluindo alguns A321XLR, a versão de maior alcance que possibilita voos sem escalas de até 8700 km.

A renovação da frota é mais um passo do conglomerado industrial Tata Group, que comprou a Air India do governo, para otimizar as operações da empresa, diminuindo custos com combustíveis e manutenção. A companhia também opera com 27 aviões Boeing 787-8 e mais 27 A320neo, os mais novos da sua frota e que serão mantidos.

Airbus A350

A companhia também já comunicou para alguns pilotos que estes serão treinados para operarem o Airbus A350. Os primeiros aviões chegarão já no primeiro semestre de 2023. Veja abaixo:

“A Air India está em processo de aumentar sua frota existente com o tipo de aeronave A350 com a entrada em serviço. Você é solicitado a aceitar sua disposição de participar do treinamento de conversão na aeronave A350”, disse um memorando enviado aos pilotos.

Essa entrega antecipada da aeronave é possível porque a companhia aérea está de olho em aeronaves já construídas para a companhia aérea russa Aeroflot, que a Airbus não pôde entregar devido às sanções.

A Air India tem atualmente cerca de 115 aviões em atividade, e essa encomenda dupla pode representar uma significativa expansão da sua frota, à medida que a demanda aumenta no mercado indiano.

O último pedido de aeronaves da Air India foi em 2006, quando fez pedidos para a compra de 111 aeronaves, 68 da Boeing e 43 da Airbus. As entregas foram realizadas nos 12 anos seguintes.

 

Via: Bloomberg