Passageiro reclina poltrona e danifica Macbook de outro cliente

Um passageiro da Delta Airlines que estava voando no último dia 26 de fevereiro entre Austin, Texas e Los Angeles, Califórnia, pela companhia aérea, ganhou destaque depois de um “incidente” com Macbook Pro a bordo.

De acordo com o passageiro, o seu Macbook Pro foi danificado após o passageiro do assento 13A reclinar totalmente o encosto, o próprio design da parte traseira do assento comprimiu a tela, e quebrou a mesma.

Pat Cassidy reportou o caso para a Delta Airlines, que se prontificou a solucionar o problema, no entanto em voo, a comissária de bordo estava preocupada com o passageiro do assento 13A, de acordo com Cassidy.

A Delta Airlines prometeu à Cassidy que o colocaria em contato com as pessoas relevantes e, após uma troca de e-mail, o passageiro irritado recebeu uma resposta. No entanto, não era o que ele estava esperando, a companhia se negou a pagar pelo dano de imediato.

Em um e-mail, a Delta Airlines deixou claro que não era responsável pelos danos causados ​​ao laptop do passageiro. Isso ocorreu porque outro passageiro havia causado o incidente.

No final, a Delta recompensou o passageiro com 7500 milhas do SkyMiles, mas ele continua afirmando que isso não foi o suficiente para cobrir os danos.

 

DEIXE UMA RESPOSTA