Quem passar pelo Aeroporto Internacional de Maceió (AL) poderá acessar uma nova rede de Wi-Fi gratuito por uma hora, podendo utilizar outros 30 minutos adicionais sem custos.

A nova facilidade faz parte de uma nova estratégia da Infraero, que firmou contrato com a empresa norte-americana Boingo Wireless, líder mundial no segmento. A operação ocorre em conjunto com a Ziva, empresa latino-americana de infraestrutura sem fio, reconhecida por suas soluções flexíveis de hardware e software.

As duas empresas foram selecionadas para o serviço após a apresentação de uma oferta conjunta à licitação conduzida pela Infraero.

A solução conta com conexões mais velozes e acesso simplificado e vai atender a demanda por conectividade do passageiro com maior velocidade e qualidade durante a espera do voo. Os anúncios com a novidade já estão em todo o terminal, que tem capacidade para receber 5,8 milhões de passageiros ao ano.

Somente em 2017, a movimentação no complexo foi de 2,06 milhões de viajantes, entre operações de embarques e desembarques. Até julho deste ano, o terminal recebeu 1,26 milhão de passageiros.

Os viajantes contam com um Wi-Fi gratuito e rápido patrocinado por anunciantes. Quem quiser velocidades ainda maiores pode optar por assinaturas da Boingo, nas modalidades diária ou mensal. O serviço será implantando em todos os 55 aeroportos administrados pela Rede Infraero até 2020.

Além de Maceió, a rede Wi-Fi já está no ar nos terminais de Belém (PA), Cuiabá (MT), Congonhas (SP), Santos Dumont (RJ), Recife (PE), Goiânia (GO) e Curitiba (PR).