American Airlines Viagens Pandemia Aeroporto

A Federal Aviation Administration (FAA), anunciou na manhã desta quinta-feira (19) que poderá aplicar multas de US$ 500 mil para 34 passageiros indisciplinados. No acumulado do ano, os passageiros  poderão receber multas no valor de US$ 1 milhão.

Nesses últimos meses, no período da pandemia, a FAA constatou que os casos de indisciplina dos passageiros em voos subiu à níveis preocupantes. Levando em consideração a segurança a bordo e também dos tripulantes, a FAA adotou a ‘tolerância zero’ para esses casos.

Dos 3.889 casos de indisciplina de passageiros registrados, 2.867 são referentes ao uso de máscaras durante o voo. Se aprovadas, as multas serão fixadas em US$ 1 milhão. Os últimos 34 casos registrados, 22 são pela não utilização de máscaras, outros 8 casos foram pelo excesso álcool ingerido pelos passageiros. O restante dos casos está atrelado ao uso de substâncias proibidas.

A FAA colocou 30 dias a partir da data da ocorrência registada para que os passageiros possam recorrer das multas. O órgão que administra a aviação nos EUA está preocupado com a segurança e a integridade dos tripulantes, pois houveram muitos casos de agressões físicas de passageiros à tripulantes.

Relembre um caso recente

Uma passageira teve um surto e tentou agredir os Comissários de Bordo do voo da companhia aérea. A passageira fora de si, tentou morder e agredir os tripulantes em pleno voo que partiu de Dallas para Charlotte na manhã da última terça-feira (06). O ocorrido foi compartilhado na rede social Tik Tok por uma outra passageira do voo AA 1774.

O vídeo foi excluído da pagina do Tik Tok, porém o Business Insider informou que a autora relatou os momentos da passageira fora de si. Os tripulantes amarram a passageira com uma fita para conte-la até o momento que a policia entrou na aeronave junto com a equipe médica para retirar a passageira. 

“Ela estava dizendo: ‘Eu preciso sair deste avião’, e ela foi até as saídas e começou a bater nas portas, dizendo: ‘Você precisa me deixar sair deste avião!’”

A American emitiu um comunicado sobre o ocorrido: 

“A tripulação a bordo do voo 1774 da American Airlines relatou uma possível preocupação com a segurança depois que um cliente tentou abrir a porta de embarque dianteira e agrediu fisicamente, mordeu e feriu um comissário.”

“Para a segurança de outros clientes e de nossa tripulação, o indivíduo foi contido até que o voo pousasse em segurança e pudesse ser atendido por policiais e pessoal de emergência.”

DEIXE UMA RESPOSTA