Dois passageiros foram retirados de um voo da Ryanair, entre Londres com destino a Pisa. O motivo da retirada dos passageiros foi devido a confirmação que um deles estava com Covid-19. Esse fato, no entanto, aconteceu no dia 26 de agosto, mas só agora vem tomando proporções maiores.

Os passageiros estão de máscaras, assim como todos os demais na aeronave, mas por causa da confirmação que um deles estava infectado. Já o segundo era acompanhante do infectado.

No vídeo abaixo é possível ver agentes de biossegurança do aeroporto conversando com os dois passageiros.

Após a retirada dos passageiros os assentos foram higienizados de acordo com a normas de saúde.

Os passageiros em questão foram levados para uma área especial do aeroporto onde receberam os devidos apoios, disse a companhia. A Ryanair também pediu desculpas aos demais passageiros pelo atraso do voo.

DEIXE UMA RESPOSTA