Clique Aqui e receba as principais Notícias da Aviação em tempo real diretamente no seu Whatsapp ou Telegram.

Foto: Royal Navy.

Em uma operação inédita, dois caças F-35B Lightning II da Força Aérea Real Britânica foram reabastecidos em voo por um caça F/A-18E Super Hornet da Marinha dos EUA, o chamado reabastecimento buddy-buddy. 

Os caças stealth, do 617 Squadron ‘Dambusters’, estão embarcados no porta-aviões HMS Queen Elizabeth, junto de caças F-35B do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA, como parte da viagem do Carrier Strike Group 21 (CSG21) na região do Indo-Pacífico. Lá, a embarcação britânica se reuniu com os porta-aviões nucleares dos Estados Unidos USS Carl Vinson (CVN-70) e USS Ronald Reagan (CVN-76). 

“Como parte desse treinamento de interoperabilidade, aproveitou-se a oportunidade para realizar o que é conhecido como buddy-buddy refuelling. Os F-35B Lightnings, pilotados por pilotos da RAF e da Marinha Real, realizam regularmente reabastecimento ar-ar de aeronaves Voyager [A330] da RAF, mas esta foi a primeira vez que eles reabasteceram de um caça a jato da Marinha dos Estados Unidos.”

Foto: Royal Navy.

“Um Super Hornet configurado com tanques de combustível externos e equipamento de reabastecimento ar-ar proporcionou uma oportunidade valiosa para realizar este treinamento e melhorar a interoperabilidade entre porta-aviões do Reino Unido e dos EUA e suas respectivas aeronaves transportadas.”

Caças F/A-18E/F Super Hornet, F-35B, F-35C da Marinha dos EUA e da Força Aérea Real. Foto: Marinha Real.

DEIXE UMA RESPOSTA