Foto: Instituto Aerohidrodinâmico Central

O Instituto Aerohidrodinâmico Central de Moscou mostrou o modelo antes dos testes de túnel de vento. Ele afirma que a aeronave foi projetada para funcionar com o motor de nova geração Aviadvigatel PD-35, uma versão de alto impulso do PD-14 para o Irkut MC-21.

O modelo em escala do instituto tem 1,63 m de comprimento, com envergadura de quase 1,75 m, e é construído principalmente a partir de ligas de alumínio – embora os elementos de carga sejam feitos de aço – com um peso de cerca de 120 kg.

Quando lançou a aeronave conceitual de quatro motores há dois anos, o instituto indicou que seria capaz de transportar 150 toneladas de carga com um alcance de 7000 km – e teria capacidade para carregar até 180 toneladas com um alcance reduzido.

Podemos perceber no modelo em escala a falta de winglets nas pontas das asas, assim como do “cone traseiro” com o estabilizador horizontal e vertical. O instituto afirma que trabalha na sustentação das asas por enquanto, visto que estão testando um requisito para o avião cumprir as características de voo de cruzeiro.

“O trabalho na asa – que tem uma forma espacial complexa para garantir altas características aerodinâmicas nos cruzeiros – foi o que consumiu mais tempo”, disse o vice-chefe do departamento tecnológico Andrei Sidorov.

Ele diz que o modelo é conversível, permitindo que seja testado em várias configurações e com uma variedade de layouts aerodinâmicos – incluindo a alteração da forma do nariz, cauda, ponta das asas e carenagem do trem de pouso.

Os testes começarão “em um futuro próximo”, afirma o instituto, com o modelo sendo usado em dois túneis de vento em 2020 para analisar os aspectos de decolagem e aterrissagem. “Também está planejado visualizar o fluxo de ar ao redor do modelo em escala”, acrescenta.


 

Via – FlightGlobal

DEIXE UMA RESPOSTA