Aeroporto de Guarulhos
Fotógrafo: Juvenal Pereira/Via Governo do Brasil

A Polícia Federal, em ação conjunta com a Receita, prendeu nesta quinta-feira (27/5), no Aeroporto Internacional de São Paulo, um passageiro de voo internacional com substância ilícita na bagagem.

Servidores da Receita Federal fiscalizavam os passageiros que desembarcaram de voos internacionais e selecionaram um homem, que optou pelo canal alfandegário “nada a declarar”, e o conduziram para revista das bagagens.

O homem, um brasileiro de 34 anos, que desembarcou de voo procedente de Madri, na Espanha, trazia consigo 3 galões de cinco litros e outros dois frascos de produtos que, segundo os rótulos, seriam para utilização na limpeza de veículos.

Conduzido à delegacia da PF, o suspeito recebeu voz de prisão após os exames periciais constatarem que a substância transportada dentro dos três galões e frascos é, na verdade, GHB (gama hidroxibutirato), substância conhecida como “boa noite cinderela”, de reconhecida nocividade, que atua no sistema nervoso central, capaz de causar dependência física ou psíquica ou levar à morte.

O preso será apresentado à Justiça Federal, onde responderá pelo crime de tráfico internacional de drogas.

 

Via: PF