Piloto Mathew Stannard - Foto: RAF

A Royal Air Force e a Virgin Orbit selecionaram um piloto da RAF para ser destacado no inovador programa de lançamento de pequenos satélites da empresa.

A parceria entre a RAF e a Virgin Orbit foi revelada na conferência Air and Space Power em julho. Após um processo de seleção difícil, o vice-marechal aéreo Simon ‘Rocky’ Rochelle e o CEO da Virgin Orbit Dan Hart anunciaram que o tenente de voo Mathew ‘Stanny’ Stannard havia sido selecionado. 

O tenente de voo Stannard é atualmente um piloto do Typhoon com um dos esquadrões de teste e avaliação da RAF e está programado para ingressar no programa pioneiro da Virgin Orbit no próximo ano, aguardando aprovações regulatórias finais dos EUA e do Reino Unido.

Foto: RAF

O destacamento deve durar três anos e fará com que o tenente de voo Stannard se junte à frota de ‘pilotos de teste’ experimentando aeronaves Boeing 747-400, a partir das quais serão lançados satélites de ponta.

O tenente de voo Stannard retornará à RAF com consideráveis ​​habilidades e conhecimentos adquiridos com o destacamento, o que melhorará a compreensão do Reino Unido sobre os usos militares de pequenos satélites.

“O Reino Unido e os EUA já têm um relacionamento de defesa incrivelmente próximo e agora estamos trabalhando juntos para criar novas fronteiras no espaço”, ministra da Defesa Annie-Marie Trevelyan

“Esta parceria emocionante fará com que a Virgin Orbit se beneficie das habilidades e conhecimentos de nosso pessoal, enquanto impulsiona as ambições espaciais da RAF a novos patamares, disse Annie-Marie.

Mathew Stannard- Foto RAF

“Eu voei com caças Tornado e Typhoon na RAF, mas estar envolvido no programa espacial da Virgin Orbit é uma oportunidade verdadeiramente única”, tenente Mathew ‘Stanny’ Stannard.

O anúncio foi feito na Califórnia a bordo do icônico navio RMS Queen Mary – um local adequado, dada a história do navio como sede flutuante de Winston Churchill na Segunda Guerra Mundial e um símbolo do relacionamento especial EUA / Reino Unido.

A equipe de exibição Red Arrows da Royal Air Force sobrevoou o navio como parte do evento, que é um dos últimos em sua turnê norte-americana nos últimos três meses.

Virgin Orbit: Foto: RAF

Em julho, o MOD delineou um programa espacial ambicioso, comprometendo £ 30 milhões para acelerar o lançamento de um pequeno demonstrador de satélite dentro de um ano. O pequeno demonstrador de satélite, também conhecido como Programa ARTEMIS, está sendo entregue por uma nova equipe transatlântica de pessoal de defesa do Reino Unido e EUA e parceiros da indústria, incluindo a Virgin Orbit. 

O MOD também anunciou o Reino Unido como o primeiro parceiro formal da Operação Olímpica Defender, liderada pelos EUA – um esforço militar multinacional formado para fortalecer a dissuasão contra atores hostis no espaço, aumentar a resiliência e preservar a segurança dos voos espaciais.