Um piloto que passava férias com sua família acabou pilotando um avião da EasyJet de Manchester para a Espanha, visto que seu voo estava atrasado devido à falta de um piloto na tripulação

Michael Bradley, que também é piloto da EasyJet, solicitou uma autorização para a companhia, antes de assumir o voo, visto que estava de férias.

Pelo alto-falante, o Bradley informou os outros passageiros sobre as circunstâncias únicas e anunciou: “Nosso voo está atrasado em duas horas porque não há um comandante disponível para realizar o voo”.

Michael em entrevista disse: “Liguei para a EasyJet e disse: ‘Oi, estou no terminal sem fazer nada.'” “Eu tenho minha licença comigo e minha identificação de piloto comigo e eu gostaria muito de ir de férias, e se vocês precisarem, eu estou aqui pronto para ir.”

“Trinta e oito segundos depois, eles me telefonaram de volta e disseram ‘por favor, por favor, por favor você pode pilotar o avião para Alicante’?”

Vestido com roupas casuais, ele brincou com os passageiros: “Então, se você não liga para um piloto com essa vestimenta, iremos à Alicante”.

Em comunicado, um porta-voz da EasyJet disse: “Somos gratos a um de nossos pilotos que estava viajando de férias de Manchester para Alicante em 2 de setembro com sua família e se ofereceu para operar o voo.”

“Isso significa que os clientes podem chegar ao seu destino e mostra o compromisso e a dedicação de nossa equipe. Isso está totalmente de acordo com os regulamentos, pois ele tinha sua licença e identificação com ele. “A segurança é sempre a nossa maior prioridade”.

DEIXE UMA RESPOSTA