Foto: Gabriel Melo

A Delta Airlines publicou nesta quinta-feira (10) uma mensagem inspiradora em suas redes sociais. Com uma simples foto, contendo um bilhete, a companhia possibilitou uma “maquina do tempo” rumo aos nossos sentimentos no início da pandemia.

Um piloto da Delta teve a ideia de deixar um bilhete a bordo de uma aeronave que ele estava levando para a estocagem no deserto. Esta aeronave ficou desde março de 2020 parada no Aeroporto de Victorville (Califórnia), sem ninguém adentrar o seu interior.

E no dia 1º de junho o co-piloto Nick Perez foi um dos responsáveis por retirar este mesmo avião da estocagem. Durante os seus procedimentos de check-list, Perez achou o bilhete fixado em uma mesa do Airbus A321 da companhia.

O bilhete foi propositalmente deixado para trás pelo primeiro oficial Chris Dennis, que o havia colocado dentro de uma bandeja na cabine de comando.

Confira abaixo as 57 palavras deixadas por Dennis:

“Olá, pilotos – é 23 de março e acabamos de chegar do MSP. É muito assustador ver tanto de nossa frota aqui no deserto”, escreveu Dennis. “Se você está aqui para pegá-lo, a luz deve estar no fim do túnel. Incrível como mudou rápido. Tenha um bom voo ao retirá-lo da estocagem! ”

Fora do curto bilhete, que mostra uma luz no fim do túnel. Chris Dennis também postou nas suas redes sociais a situação caótica da aviação, com dezenas e centenas de aviões estocados, na época sem conhecimento ao certo do tempo que isto duraria.

“Pensei em quantas pessoas trabalhavam em apenas um desses aviões”, disse Dennis à Delta. “Do agente de reservas ao agente de passagens, ao piloto, aos comissários de bordo, aos mecânicos, à tripulação da rampa. Então você vai um nível mais profundo: a locadora de veículos, os hotéis, as empresas de turismo.”

“Ele devia estar pensando que estava deixando o emprego. Em março, eu estava 100% certo de que perderia meu emprego”, disse Nick Perez à Delta, em uma reflexão sobre o bilhete a bordo.

“[Naquela época], estávamos ficando bons em pousar aviões vazios, agora estamos indo na direção certa. Estou de bom humor. Estou muito otimista. Eu me sinto como me senti em 2017 novamente – pronto para começar”, completou Perez.

A Delta não garante que a esperança esteja 100% completa, mas com a vacinação mostrando a sua eficácia contra a Covid-19 nos Estados Unidos, o setores de aviação e turismo, além de diversas outras empresas e pessoas, podem enxergar à frente dias melhores.