Dois pilotos da EasyJet foram suspensos temporariamente, após publicarem nas redes sociais “vídeos de humor” gravados dentro do cockpit de uma aeronave da companhia, durante um voo de Paris para Madrid.

Os vídeos supostamente engraçados foram postados em duas redes sociais do comandante, e mostra o co-piloto gravando e interagindo com objetos e personagens animados, enquanto organizam papéis do voo.

A companhia repreendeu a atitude dos pilotos, classificando-a como antiprofissional, apesar de ressaltar que isso não comprometeu a segurança dos passageiros.

“Isso passa longe dos altos padrões que a Easyjet espera de seus pilotos”, disse a easyJet em comunicado. ”Isso não é aceitável e não representa os milhares de pilotos altamente profissionais que trabalham na companhia”.

Os pilotos foram denunciados para a companhia através de uma pessoa que segue o perfil do comandante, o jornal The Sun, do Reino Unido, foi o primeiro a publicar sobre essa informação.

O comandante costumava postar no Facebook e Instagram suas selfies dentro de aviões com caretas, e até mesmo fotos com a sua equipe.