Imagens usadas no relatório. Via AIN Online.

Dois pilotos de um Learket 31A de configuração aeromédica foram demitidos depois de realizarem uma manobra de giro com a aeronave. A investigação conduzida pelo Bureau Federal Alemão de Investigação de Acidentes de Aeronaves (BFU) foi divulgada recentemente, mas o incidente ocorreu em dezembro de 2018 perto de Faro, em Portugal. 

O jatinho, que era operado por uma empresa alemã, realizava um voo com entre Londres e Faro no dia 28/12/2018, com outros dois funcionários da empresa a bordo. De acordo com o AIN Onlineo relatório da BFU aponta que cerca de uma hora após a decolagem do Aeroporto de Biggin Hill, o piloto em comando perguntou ao copiloto se ele concordava em fazer o giro com a aeronave. 

Durante a investigação, o copiloto escreveu ao BFU dizendo que não concordou com ideia do comandante. Segundo dados do Flight Data Recorder – equipamento popularmente conhecido como caixa preta – às 11:36, em uma altitude de 13.200 pés (cerca de 4023 metros) o comandante desligou o piloto automático.

Vinte segundos depois, o Learjet “entrou em duas curvas acentuadas com um ângulo de inclinação de cerca de 140 graus cada, então o “comandante conduziu o giro em torno do eixo longitudinal do avião”, nivelando 10 segundos depois.”

Ilustração: Relatório do BFU.
Ilustração: Relatório do BFU.

A manobra começou quando o avião estava a 301 nós de velocidade indicada, o que foi diminuindo continuamente até nivelar a aeronave em 251 nós. De acordo com o relatório, o Learjet atingiu uma carga máxima de 2,47G durante o início da manobra. O manual de operações da aeronave proíbe manobras acrobáticas, disse a BFU.

O fato só foi descoberto em 2019 durante uma revisão dos dados do Flight Data Recorder, que apontou os acentuados ângulos registrados. Prontamente os dois tripulantes foram afastados e subsequentemente demitidos.

O relatório da autoridade alemã também destaca que uma manobra do tipo foi a causa de um acidente com um Cessna 550B Citation Brave na Suíça em 2010. Nesse caso, os pilotos perderam o controle da aeronave que colidiu contra o solo, matando os dois.