F-45B da Royal Navy em ioeração nortuna no HMS Queen Elizabeth- Foto: Via Web

Os pilotos ingleses estão em meio a um exercício no porta-aviões inglês HMS Queen Elizabeth. O treinamento cruzeiro Westlant 19 acontece na costa leste dos EUA e tanto militares da RAF e da Royal Navy.

Durante o exercício foram treinadas operações durante o dia. Agora estão sendo relizadas operações noturnas na embarcação que estão rendendo boas fotos, além de aumentar a capacidade de operações dos pilotos.

Os pilotos ingleses também estão voando aeronaves F-35B norte-americanas. De acordo com a Marinha Real, os pilotos implantados no navio são do VMAS-1 do MCAS Yuma, que supervisiona a avaliação operacional do F-35B no USMC. Curiosamente, os jatos mostrados nas fotos a bordo do HMS Queen Elizabeth são da VMFAT-501, com sede no MCAS Beaufort.

A integração dos pilotos Marine F-35B no HMS QE não é tão simples quanto parece, mesmo que eles já sejam qualificados para transportadoras. De fato, há uma diferença importante entre a transportadora britânica e os LHDs da classe Wasp e os LHAs da América dos quais os USMC F-35Bs.Os navios das classes Wasp e America são transportadores de alto nível, então os fuzileiros navais que vão implantar no HMS Queen Elizabeth em 2021.

Fonte de apoio: The Aviationist/ Edição: Aeroflap