Pode isso? Falecida Air Italy realiza voo com o Boeing 737 MAX para Budapeste

A Air Italy decretou falência há alguns meses, mas ainda há aviões da companhia parados ou estocados, a espera do futuro.

Por outro lado temos o Boeing 737 MAX, que está impedido de voar desde março de 2019. Alguns desses estão voando para fazer testes, para colocar um pouco de rotatividade devido ao período parado.

Um dos 737 MAX 8 da Air Italy, que possui a matrícula EI-GFY, fez um voo neste último dia 24 para Budapeste.

O voo IG7031 durou 1h30 aproximadamente. Decolou de Milão(MXP) às 13h25 (hora local) e fez o pouso às 15h02 em Budapeste (BUD), na Hungria.

O Boeing 737 MAX da Air Italy voou baixo (18000 pés) e um pouco lento, provavelmente para evitar os sistemas defeituosos do avião.

A aeronave está impedida de realizar voos com passageiros mas tem autorização para realizar voos de mudança de local, como este, que levou o 737 MAX para uma estocagem prologada em Budapeste, além de uma manutenção geral para verificar a condição da aeronave.

O comandante Riccardo Criscuolo foi quem pilotou o 737 MAX e compartilhou em sua página do LinkedIn seus sentimentos sobre a viagem. Com tristeza nítida, que essa seria a última vez que usaria seu uniforme da Air Italy.


Embora possa ser o último voo do comandante Ricardo para a Air Italy, não é a última vez que a empresa realizará voos. Nos próximos dias, os outros dois 737 MAX também deixarão Milão também com destino a Budapeste.

 

DEIXE UMA RESPOSTA