Embraer

Um avião Embraer EMB-110 Bandeirante (de matrícula PT-SGM), que de acordo com a ANAC pertence à Express Aviation Táxi Aéreo, foi apreendido no Aeródromo de Catolé do Rocha, no Sertão da Paraíba.

A aeronave transportava 752 kg de drogas, de acordo com a polícia. Dentro do avião estavam ainda quatro homens, sendo dois deles pilotos, que foram presos.

No depoimento os passageiros e tripulantes disseram que estavam transportando a droga a partir da Bahia para a Paraíba. A descoberta do voo foi através de uma denúncia anônima à polícia.

Quando pousaram em Catolé da Rocha, os envolvidos foram recebidos por equipes do 12º Batalhão, 6ª Companhia do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) e Força Regional. A prisão ocorreu sem troca de tiros, e com colaboração dos envolvidos. A droga estava em várias caixas diferentes no interior do avião.

A investigação da polícia agora se concentra na rota do tráfico de drogas, e como o grupo está utilizando aviões para levar os entorpecentes até o Nordeste do Brasil.

Em nota a empresa que operava o voo disse:

DEIXE UMA RESPOSTA