Policia Federal ANAC
Agentes da PF. Imagem ilustrativa.

A Polícia Federal prendeu durante o feriado, entre os dias 14 e 17/4, no Aeroporto Internacional de São Paulo, oito passageiros de voos internacionais com drogas ocultas dentro de tecidos, camisas sociais, frascos de cosméticos, fixada ao corpo, dentro de bermudas, estrutura e fundo falso de mala.

Na quinta-feira (14), policiais federais, que atuam com o auxílio de cães farejadores, prenderam um passageiro que pretendia embarcar para Lisboa, em Portugal, com quase 12 kg de cocaína oculta dentro de peças de tecido. O homem, um brasileiro, de 37 anos, tinha como destino final a cidade de Maputo, no Moçambique.

Um homem, nacional de Angola, foi detido pelos policiais federais no controle migratório, por tentar realizar os procedimentos de migração apresentando passaporte pertencente a outra pessoa.

Neste mesmo dia (15), quase 8 kg de cocaína foram apreendidos com um passageiro, nacional da Guiné Bissau, que ingressou no país beneficiado pela Lei do Refúgio, ocultos dentro de 16 camisas sociais. O suspeito iria embarcar em voo para Doha, no Catar.

Momentos após essa prisão, a mesma equipe de policiais prendeu um casal de brasileiros com quase 5 kg de cocaína acondicionados dentro de embalagens de perfumes, xampus, desodorantes, cremes para barba e hidratantes. Os suspeitos tinham como destino final a cidade de Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos.

No sábado (16), um homem, nacional da Turquia, que embarcaria para a cidade de Arbil, no Iraque, foi flagrado com uma mala cuja lateral interna era composta por uma mistura de borracha e cocaína.

O peso bruto do material apreendido somou mais de 3 kg. Neste mesmo dia, servidores da Receita Federal detiveram uma passageira, que pretendia embarcar para Miami, nos Estados Unidos, com 9 mil dólares, não declarados.

Duas mulheres, uma nacional de Angola e outra da Namíbia, foram presas pelos policiais federais, na noite de ontem (17), tentando embarcar em voo para Addis Ababa, na Etiópia, com quase 18 kg de cocaína ocultos dentro de bermudas de lycra e coletes, confeccionados com fita adesiva, que usavam sob as roupas.

Em outra ação realizada neste dia, pela mesma equipe de policiais, foi presa uma mulher, nacional da África do Sul, com mais de 2 kg de cocaína ocultos em fundos falsos de sua mala de viagem. A suspeita tinha como destino final a cidade de Joanesburgo, na África do Sul. Os suspeitos serão apresentados à Justiça Federal.

 

 

Com informações da Polícia Federal.