Aeroporto de Guarulhos GRU Airport São Paulo
Foto - GRU Airport/Via Facebook

Passageiro tentava embarcar com a droga em voo para Addis Ababa, na Etiópia

A Polícia Federal prendeu no Aeroporto Internacional de São Paulo / Guarulhos, nesta última quinta-feira (28/10), um guineense, identificado pela equipe do canil da Receita Federal, transportando cocaína em sua bagagem.

Servidores da Receita Federal, que atuam com o auxílio de cães farejadores, separaram algumas malas cujas imagens do aparelho de raio-x indicavam a presença de matéria orgânica em seu interior. Ao passar com os cães pelas bagagens, uma delas despertou interesse dos animais.

O passageiro proprietário da mala, que iria ser introduzida em voo para Addis Ababa, na Etiópia, foi localizado já dentro da aeronave e conduzido à sede policial para que, na presença de testemunhas, sua bagagem fosse periciada.

Os policiais identificaram a substância encontrada, envolta em fita adesiva na cor de cada uma das 20 velas religiosas que estavam na bagagem do suspeito, como cocaína, cujo volume total somou 10 kg. O suspeito, nacional da Guiné, de 57 anos, que estava no país na condição de residente, recebeu voz de prisão. O destino final de sua viagem era a cidade de Conacri, na Guiné.

O preso será apresentado à Justiça Federal, onde responderá pelo crime de tráfico internacional de drogas.

 

Via: Polícia Federal

DEIXE UMA RESPOSTA