Foto: Força Aérea Polonesa.

A Força Aérea Polonesa atingiu 100 mil horas de voo com seus caças F-16C/D Block 52+ desde que as duas primeiras aeronaves chegaram ao país em novembro de 2006. A marca histórica foi atingida no final de maio. O ano de 2021 também marca 20 anos desde que o F-16 foi escolhido pelo país europeu. 

“Esta conclusão de 100.000 horas de voo prova a alta qualidade, competência e dedicação dos aviadores poloneses”, explicou o Tenente-Coronel Pawel Pogorzelski, oficial de ligação estrangeiro polonês do F-16 (FLO).

“A aeronave F-16 polonesa despertou entusiasmo e ambição dos aviadores, que implementaram com sucesso táticas, técnicas e procedimentos vitais para a interoperabilidade total com a Força Aérea dos Estados Unidos (USAF) e parceiros da OTAN.”

Foto: Força Aérea Polonesa.

Atualmente a Polônia possui 26 F-16C e 12 F-16D. os 48 caças estão divididos em três esquadrões e operam com os MiG-29 Fulcrum e Su-22 Fitter daquele país. A partir de 2024 a Força Aérea Polonesa começa a receber seus primeiros F-35 Lightning II de Quinta Geração. 

“O programa F-16 polonês é um recurso crítico que fornece estabilidade na região da Europa Centro-Oriental e protege o domínio aéreo do flanco leste da OTAN”, acrescentou Pogorzelski. “A frota está totalmente operacional e pronta para cumprir todas as tarefas necessárias em nome da Polônia e aliança da OTAN.”

Nos bastidores do programa dos F-16 poloneses, adquiridos através de Foreign Military Sales, há um esforço combinado entre a Diretoria de Cooperação e Assistência à Segurança da Força Aérea dos EUA (AFSAC), o Escritório do Programa F-16, a Lockheed Martin, fabricante do caça, e outras entidades americanas que apoiam a parceria entre os Estados Unidos e a Polônia. 

Um B-1B Lancer escoltado por um F-16C da Polônia. Foto: Força Aérea Polonesa.

“Apoiar nossos aliados é um esforço de equipe”, disse Kevin Jones, gerente do programa de assistência à segurança do F-16 na Polônia. “A estreita parceria de cooperação de segurança entre nossos dois países e o excepcional apoio que continuamos a receber em toda a empresa de aquisição, teste e sustentação tornaram esse marco possível.” 

Via Comando de Material da USAF.