Por baixa demanda, LATAM vai migrar alguns pilotos do Airbus A350 para o A320

LATAM
Foto - Airbus/Divulgação

A LATAM Brasil, depois de fazer uma remodelação demitindo cerca de 2700, agora está precisando realizar também uma movimentação interna de pilotos, para adequar a escala com a frota em operação.

Desse modo, a companhia deverá repassar nos próximos meses 24 comandantes e mais 25 co-pilotos, que hoje trabalham com o A350, para pilotar o A320 em voos domésticos e na América do Sul.

A mudança pode ser temporária, mas é adequada para a companhia que no momento enfrenta uma crescente demanda por voos domésticos, com uma retomada mais lenta dos voos internacionais. Como resultado muitos aviões de duplo corredor estão estocados em solo e sem uso, os tripulantes, logicamente, trabalham em escala reduzida.

LATAM
A350 sendo rebocado para o hangar de manutenção da LATAM.

A troca de equipamento apresenta desafios para ambos os lados. Em uma companhia aérea geralmente os tripulantes de uma aeronave maior recebem maiores salários, em comparação com os tripulantes de aeronaves de menor tamanho.

Para a LATAM Brasil, a companhia precisará treinar esses pilotos para receberem a habilitação de tipo, trocando o equipamento A350 pelo A320. O treinamento tem um custo alto, visto que envolve horas de simulação de diversos procedimentos em um simulador do tipo D, com movimentos reais ao do avião.

Os pilotos foram avisados através de e-mail, que também foi lido pela Equipe do Portal AEROFLAP. Veja em anexo abaixo.

 

DEIXE UMA RESPOSTA