Foto - Emirates/Divulgação

A Emirates está “encostando” alguns de seus aviões do modelo Airbus A380, perto do verão europeu, geralmente um período de alta demanda.

O motivo é bem simples neste caso, e também difícil de resolver facilmente, a companhia está sem pilotos para cumprir voos extras. De acordo com a Bloomberg esse deficit é de até 150 pilotos, número que pode colocar até 46 aviões fora de serviço ao longo desses três meses que antecedem o período de verão europeu.

Em maio até 14 aviões do modelo Boeing 777 e 6 do modelo Airbus A380 deverão ficar parados por um certo tempo devido à falta de pilotos, e também um pouco de baixa demanda em algumas rotas.

O presidente da companhia, Tim Clark, admitiu que a Emirates sofre de uma breve falta de pilotos. No caso da companhia árabe é um pouco mais complicado, visto que o seu modelo de frota só permite contratar novos pilotos com experiência.

 

Via – AirLive