Porta-aviões Cavour-Imagens da marinha italiana

 A Marinha da Itália completou o período de manutenção de preparo de seu porta-aviões Cavour, para que ele possa operar os caças furtivos F-35B Join Strike. O tempo de manutenção e preparo durou 16 meses e o Cavour, passou por reparos em deque seco.

Toda uma ação foi preparada para que a embarcação voltasse ao Mar de Taranto, para isso o porta-aviões passou por um canal para deixar o Mar Piccolo e seguir para o Mar Taranto.

 

“O retorno ao mar representa um objetivo importante para o navio Cavour, após 16 meses de escala, dos quais os dois últimos enfrentaram as dificuldades decorrentes da pandemia ligada ao COVID 19”,

“Mas, com os procedimentos corretos e as medidas de segurança adequadas, implementadas pela Marinha, conseguimos concluir o trabalho e devolver o navio ao serviço do país”.

O navio tem 244 metros de comprimento, 39 metros de largura e mais de 27.000 toneladas de deslocamento.

Porta-aviões Cavour-Imagens da marinha italiana

A sequência agora vai ser de testes técnicos e após isso um constante período de treinamento de toda a tripulação da embarcação.

Ao todo a Itália adquiriu 30 unidades do F-35B, sendo 15 para a marinha e 15 para a força aérea que também irá operar 60 unidades do F-35A.

Fonte de apoio: Naval News/ Edição: Aeroflap

 

DEIXE UMA RESPOSTA