Porta-aviões russo Admiral Kuznetsov

O porta-aviões russo, Admiral Kuznetsov, deverá voltar as atividades em 2022, após o termino do longo reparo que começou em 2017.

A fabricante da embarcação, Zvyozdochka Shipyard, tem um contrato assinado para finalizar a nova pintura do navio até 1º de setembro de 2022. Esse contrato está estimado em US$ 3,4 milhões.

Apesar do tamanho do país o Kuznetsov é o único porta-aviões da frota naval russa. O navio foi comissionado em 1990 entre 1996 e 1998 a embarcação passou por sua primeira reforma.

O porta-aviões já realizou missões reais na Síria entre 2016 e 2017, seus caças navais fizeram mais de 400 missões.

Porta-aviões russo Admiral Kuznetsov

Em relação as aeronaves que operam no gigante porta-aviões de 43.000 toneladas, estão caças navais Su-33, MiG-29K e helicópteros Ka-31 Ka-27.

A história do porta-aviões já conta com alguns acidentes fatais, sendo um em 2018 quando um guinaste atingiu a torre da embarcação matando uma pessoa. Já o segundo foi um incêndio no navio em 2019 vitimando fatalmente duas pessoas.

Vídeo de algumas operações do Admiral Kuznetsov:


DEIXE UMA RESPOSTA