USS CVN 78 Gerald Ford, a primeira embarcação da nova classe FORD,. Embarcação de propulsão nuclear

O mais novo porta-aviões da esquadra norte-americana, o USS Gerald R Ford está pronto para lançar e capturar qualquer aeronave do cenário aeronaval dos EUA. Uma das novidades da embarcação é o novo sistema de lançamento das aeronaves que é por meio Eletromagnético (EMALS), bem como pelo sistema de captura (AGG).

O CVN 78 como também é conhecido concluiu no último dia 31 de janeiro testes de lançamento e captura de aeronaves como, Boeing F / A-18E / F Super Hornet, E-2D Advanced Hawkeye, Northrop Grumman C-2A Greyhound , Boeing EA-18G Growler e McDonnell Douglas T-45 Goshawk.

“A EMALS e a AAG podem lançar e recuperar a asa aérea atual e qualquer futura aeronave, para fornecer maior flexibilidade do que os sistemas legados a bordo de transportadoras da classe Nimitz”, diz Scott Forney, presidente da General Atomics Electromagnetic Systems, divulgou o site Flight Global.

F-18F Super Hornet prestes a ser lançado pelo sistema EMALS do Uss Gerald R Ford

O sistema EMALS consiste em um motor de indução linear, em vez de um pistão a vapor, para acelerar a aeronave nas velocidades de decolagem. Os motores de indução linear usam o eletromagnetismo para mover lançar as aeronaves do porta-aviões.

O CVN 78 é atualmente o maior porta-aviões do mundo deslocando cerca de 100.000 toneladas, além de ‘ter como combustível’, dois reatores nucleares que aumenta bastante a permanência da embarcação em alto mar.

 

DEIXE UMA RESPOSTA