Caças F-16AM da FAP- Foto: FAP

A Força Aérea Portuguesa recebeu no dia 9 de maio o primeiro caça F-16 modernizado, pela empresa OGMA (Indústria Aeronáutica Portuguesa), a aeronave foi entregue na Base Aérea de Monte Real, onde se situa a Ala Nº 5.

Esse foi o primeiro F-16AM a ser entregue, outros dois deverão ser entregues ainda esse ano, um também F-16AM e outro BM.

Os F-16 foram modernizados pela empresa nacional OGMA, que com o passar dos anos de serviço aos F-16 portugueses ganhou capacidade e um kits de modernização fornecido pela Lockheed Martin.

Atualmente a Base Aérea de Monte Real abriga 24 unidades do F-16AM e três da BM, todos deverão ser modernizados até 2022, aumentando assim a vida útil do caça.

Essa nova versão coloca os F-16 portugueses dentro do conceito MLU (Mid Life Upgrade), isso fornece aos caças algumas atualizações, como por exemplo, uma nova aviônica com telas, implementação de um link 16(software), um novo software atualizado de radar a um padrão atual AP/APG 68 (V). Os pilotos da FAP terão acesso aos capacetes com tecnologia JHMCS (que possibilidade informações do voo e armamentos no visor do capacete), bem como novas medidas eletrônicas e capacidade de levar o míssil de alcance médio Raytheon AIM-120C3 AMRAAM.

Outro benefício que vai além do aumento da vida útil dos caça da FAP e que agora fica mais fácil o intercâmbio das aeronaves da força aérea portuguesa com aeronaves de outras forças aéreas europeias, de países que assim como Portugal pertencem a OTAN.