Neste domingo o Boeing 747-400 da United Airlines fez o seu último voo internacional, cumprindo a rota do Aeroporto de Seul-Incheon para o Aeroporto Internacional de São Francisco, no voo 892 que pousou às 11h nos EUA, abandonando para sempre os voos internacionais pela United Airlines, uma companhia que opera desde 1970 com o Boeing 747.

Os 374 assentos do Boeing 747-400 da United por muitas vezes transportaram passageiros diretamente de São Francisco para cidades estratégicas na Ásia, como Pequim, Hong Kong, Taipei, Tóquio/Narita e Seul/Incheon. O foco do Jumbo da companhia americana nos últimos anos esteve nessas cidades apresentadas.

N121UA está modificações especiais para comemorar esse momento. Foto – United Airlines/Reprodução

O avião responsável por esse último voo tem a matrícula N121UA, e começou a operar voos em 2000. O voo durou no total 11h24, e chegou até mesmo a voar no FL400 (40 mil pés), apenas 174 passageiros ocuparam o espaçoso interior do 747 durante toda a rota.

“Eu tenho pilotado muitos aviões. Só que esse é icônico, é muito fácil de voar”, disse o piloto da United Airlines, Dean McDavid, o diretor de padrões de voo da companhia e que pilotou o 747 por 19 anos.

O voo foi comandado por Rafael Rodriguez, ele voou com o 747-400 por mais de 13 anos, os primeiros oficiais Mike, Lead Pursers, Pat Graham e Tom Krohn acompanharam Rodriguez neste último voo internacional. Mike se destaca entre os outros, ele já voou 17 mil horas no Boeing 747 desde 1993, agora ele se tornará comandante do Boeing 787.

Boeing 787-9. Foto – United Airlines/Reprodução

Atualmente o Boeing 787-9 Dreamliner, um novíssimo avião da fabricante americana, está sendo responsável por cumprir essa rota de Seul para São Francisco, uma notável redução na capacidade da rota, apesar da modernidade acrescentada ao voo.

Dias antes o Boeing 747-400 da United também fez um voo de despedida entre Londres e São Francisco, as fotos você pode conferir na galeria abaixo.

Os últimos 747 da United que estão ativos são os aviões de matrícula N121UA e N118UA, provavelmente algum desses fará o último voo que falaremos com mais detalhes abaixo.

 

O voo de despedida

Foto – United Airlines/Reprodução

O último voo que a aeronave cumprirá será de São Francisco para Honolulu, uma típica rota sobre o pacífico ligando a costa oeste dos EUA com o Havaí, durante anos o Boeing 747 operou soberano nessas rotas, não havia regras de ETOPS, somente aviões como o Boeing 747, DC-10 e o Boeing 707 poderiam fazer essas rotas.

Essa também é uma recriação do primeiro voo comercial operado pela companhia com o Boeing 747, que ocorreu em 1970, o avião original tinha o apelido de “Friend Ship”, a United aproveitou para usar o mesmo nome para o voo de despedida, tornando a viagem ainda mais nostálgica e com um gosto de tristeza.

 

Substitutos

Foto – United/Divulgação

Na United o Boeing 747-400 deverá ser substituído por um conjunto de Boeing 777 e Boeing 787, o Boeing 777-300ER tem capacidade bem semelhante ao 747-400.

Já a Delta está substituindo o 747-400 pelo Airbus A350-900XWB, este último com capacidade para 306 passageiros. Atualmente o Boeing 747-400 da Delta tem capacidade para 376 passageiros.

As duas programaram a aposentadoria do 747-400 para 2017.

 

Veja a história do Boeing 747 na United ao longo dos anos:

13 de abril de 1966 : A Boeing anuncia que construirá o 747, com capacidade para até 490 passageiros. A construção deve começar em junho em uma nova fábrica em Everett, Washington .

3 de janeiro de 1967 : Os primeiros trabalhadores de produção do 747 chegam em EverettOs 50000 que produziriam o maior avião civil do mundo eram conhecidos como The Incredibles, e ganharam o rótulo trazendo o sonho do Jumbo Jet para o mundo real em apenas 16 meses.

30 de setembro de 1968 : O primeiro Boeing 747-100, City of Everett , é finalmente lançado, pintado com as insígnias das 27 companhias aéreas que já encomendaram a aeronave, incluindo a United, na época a Pan Am era cliente de lançamento.

Foto – Boeing/Reprodução

9 de fevereiro de 1969 : O Boeing 747-100 faz seu primeiro voo.

21 de janeiro de 1970 : O Boeing 747 fez seu primeiro voo comercial de Nova York para Londres, com as cores da Pan American World Airways.

26 de junho de 1970 : A Continental Airlines, hoje uma companhia absorvida pela United, se tornou uma das primeiras operadoras a colocar o Boeing 747 no serviço doméstico dos EUA, voando de Chicago para Los Angeles, e depois para Honolulu .

26 de junho de 1970 : A United Airlines recebe seu primeiro Boeing 747-100 com uma cerimônia de batismo luxuosa.

23 de julho de 1970 : A United faz seu primeiro voo comercial com o Boeing 747, através de uma viagem entre São Francisco e Honolulu .

22 de abril de 1985 : A United anuncia seu plano de aquisição das rotas da Pan Am, bem como 11 aviões do modelo Boeing 747SP.

Junho de 1989: A United Airlines recebe seu primeiro Boeing 747-400, que oferece maior alcance e modernidade.

28 de junho de 2014 : A Boeing entrega o 1500º 747 fabricado. O 747 é o primeiro avião de dois andares do mundo que atingiu o marco de 1500 unidades produzidas.

11 de janeiro de 2017 : A United anunciou que vai aposentar a frota Boeing 747-400 no último trimestre de 2017.

28 de julho de 2017 : United agenda um voo doméstico especial de Chicago O’Hare para São Francisco para permitir que mais pessoas voem na aeronave que é a Rainha dos Céus.

29 de outubro de 2017 : United faz seu último voo internacional com o 747, de Seul para São Francisco .

7 de novembro de 2017 : A United termina o processo de aposentadoria do Boeing 747.

 

Informações sobre o último voo via Airways Magazine.