Pousa no Galeão o quarto voo da LATAM com mais respiradores e insumos de combate à COVID-19

Chegou hoje (08) no aeroporto do Galeão o quarto voo da LATAM com 18 toneladas de cargas com 162 respiradores, 120 monitores e outros itens (máscaras e toucas) para combate à COVID-19 adquiridos pela Prefeitura do Rio de Janeiro.

O quarto voo, de número JJ9558, chegou nesta segunda-feira (08) às 03h16 (horário de Brasília) vindo de Cantão, China, após escala em Amsterdã. Ao todo, a viagem de ida e volta tem duração de quatro dias.

O voo foi realizado por uma aeronave modelo Boeing 777 de passageiros adaptada para o transporte de cargas, tanto na cabine, quanto no porão da aeronave, de forma a maximizar a capacidade de transporte.

O prefeito Marcelo Crivella recebeu a carga que, até o momento, soma 67 das mais de 100 toneladas de aparelhos médicos comprados pela atual gestão e transportados pela companhia aérea.

“Com mais esses 162 respiradores, poderemos equipar ainda a mais a nossa rede municipal de saúde e abrir mais leitos (já foram 1.252 abertos desde o início da pandemia). E vamos poder ajudar outras cidades e outras redes de saúde”, afirma o prefeito.

“Seguimos contribuindo ativamente com a Prefeitura do Rio de Janeiro no transporte de respiradores e insumos médicos da China para que a cidade possa proteger e cuidar de sua população durante esta crise de saúde mundial sem precedentes”, afirma Diogo Elias, diretor da LATAM Cargo Brasil.

Os próximos dois voos estão programados para chegar ao Rio de Janeiro nas próximas semanas trazendo outra remessa de ventiladores mecânicos, máscaras, monitores, entre outros materiais que serão utilizados no combate à doença.


Solidariedade e transporte de médico

Dentro do Brasil, a companhia também segue contribuindo para o abastecimento dos estados com o transporte dos itens essenciais. Desde 2 de março, já foram realizados mais de 130 voos para o transporte cerca de 600 toneladas de materiais como medicamentos, testes, álcool em gel, máscaras, luvas, termômetros, respiradores e doações de alimentos.

Além da parceria logística com a Prefeitura, a LATAM também está transportando profissionais de saúde – os médicos, enfermeiros e demais especialistas envolvidos no combate à pandemia possuem isenção total da tarifa aérea, pagando apenas a taxa de embarque para atuar no combate à COVID-19.

O objetivo da LATAM com esta iniciativa é facilitar o acesso dos profissionais aos locais mais impactados com essa crise sem precedentes.

 

DEIXE UMA RESPOSTA