F-35A decola para mais uma missão Foto- USAF

A Pratt & Whitney assinou um contrato de US$ 5,7 bilhões com o Departamento de Defesa dos EUA, para a produção de motores F-135, que vão equipar os caças do 12º e 13º lotes de produção do F-35.

Ao todo são 332 motores que serão produzidos, para 332 caças que serão fabricados entre 2020 e 2021.

O contrato também inclui intenções de compra para o 14º lote de produção do motor F-135, por isso essa quantidade enorme de encomendas por parte dos Estados Unidos.

Cerca de 500 motores F-135 já foram entregues, todos para as três variantes do F-35. O último contrato assinado foi em 2018, para a encomenda de 135 motores.

DEIXE UMA RESPOSTA