Foto - Dnata/Divulgação

Nos dias 4 e 5 de abril acontece, em São Paulo (Hotel Pullman Ibirapuera), a sexta edição do Latin America Airport Expansion Summit e o presidente da Abesata, Ricardo Aparecido Miguel, será um dos palestrantes, juntamente com os CEOs dos aeroportos de Viracopos, Guarulhos, Brasília, os Diretores da Anac e da Secretaria de Aviação Civil, entre outros.

A proposta do evento é reunir autoridades governamentais, investidores, gestores aeroportuários, construtoras, fabricantes de equipamentos e prestadores de serviços. Em pauta, a privatização dos aeroportos mundo afora e a modernização da estrutura aeroportuária brasileira.  

“O evento acontece em um momento importante, tivemos 12 aeroportos privatizados e mais 22 colocados agora na fila para o mesmo processo. A inclusão da outorga variável nesta rodada de março foi uma mudança positiva. Nós do segmento de Ground Service Provider temos muito a contribuir com estes processos, pois estamos vivendo os benefícios e as agruras da privatização dos outros aeroportos, entregues para a iniciativa privada na primeira leva”, disse Miguel, presidente da Abesata.

Segundo ele, o processo de privatização aeroportuária foi aprimorado, mas muitas questões essenciais têm se apresentado de forma complexa e alguns casos pontuais foram parar na Justiça, antes que uma solução pudesse se apresentar. Especialmente em relação a discriminação, cobranças abusivas e elevações de taxas por parte dos concessionários.

Em todo Brasil, existem hoje 122 Esatas. Mais informações em www.abesata.org

Mais informações sobre o Latin American Airport Expansion Summit em http://latinamerica.airportexpansionsummit.com