Presidente do México apresenta em vídeo Boeing 787 que será leiloado

Boeing 787

O presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, ainda não desistiu de vender o Boeing 787 presidencial do país, mesmo com diversas tentativas desde 2018.

Andrés está colocando em prática agora um plano antigo, de leiloar o Boeing 787 através de diversos bilhetes lotéricos de de 500 pesos, ou R$ 110 quando convertemos. O prêmio é o Boeing 787 dessas fotos e do vídeo abaixo, avaliado em mais de US$ 150 milhões.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Aeroflap (@aeroflap) em

Se você é um pouco azarado, como o editor desta matéria, fique tranquilo, pelo menos 6 milhões de bilhetes serão vendidos. Estes são comercializados pela Loteria do México.

Se o plano do governo mexicano der certo, o país pode arrecadar até R$ 666 milhões com o avião, ou aproximadamente US$ 165 milhões. Contudo, apesar desse montante, o total é bem abaixo de um Boeing 787 novo.

Outra opção, a venda direta é a forma mais simples e rentável de realizar a venda, visto que a rifa só arrecadou até o momento cerca de US$ 37 milhões.

 

O Boeing 787 BBJ do México

 

A venda dessa aeronave de interior VIP e luxoso foi anunciada em dezembro de 2018 pelo novo Ministro das Finanças, Carlos Urzua, em uma coletiva de imprensa. Uma seção de fotos do avião foi liberada, mas só da parte externa, o interior foi divulgado oficialmente nas páginas de redes sociais do Governo Mexicano.


Nas imagens abaixo podemos ver um luxuoso interior VIP, com dala de reuniões, capacidade para transportar até 80 pessoas de modo bem confortável. Ainda há suítes com camas de casal e banheiros com chuveiro quente. É muito luxo!

O avião foi adquirido em 2012 a um custo de 370 milhões de dólares. Além disso o Governo Mexicano planeja vender mais 60 aviões e 70 helicópteros do governo.

O problema agora é achar um comprador, o dinheiro já foi gasto pelo Governo Mexicano, mas recentemente o Qatar também tentou vender uma aeronave governamental, contudo, optou por doar à Turquia depois de meses sem nenhuma proposta. Vender jatos executivos desse valor é algo bastante difícil.

 

DEIXE UMA RESPOSTA