Foto - Embraer

No último dia 03 de fevereiro, o KC-390 da Embraer completou os quatro anos do primeiro voo, que ocorreu em Gavião Peixoto-SP. Desde então inúmeros testes foram feitos com a aeronave, que está se tornado um dos destaques da Embraer, inclusive internacionalmente.

Desde 2015 muitas coisas aconteceram envolvendo o KC-390, o segundo protótipo também voou e entrou na grande gama de testes aeronáuticos que devem ser feitos.

Além disso o KC-390 visitou diversas cidades pelo Brasil e por países pelo mundo, passando pelo Chile, França, Nova Zelândia, Sudeste Asiático e uma parte da África.

Outro fato importante aconteceu com o KC-390 de quatro anos pra cá, foi a certificação da aeronave que aconteceu em outubro de 2018, durante a cerimônia realizada na Base Aérea de Brasília dentro das comemorações do Dia do Aviador e Dia da Força Aérea Brasileira, contou com as presenças do Ex-Presidente da República, Michel Temer, dos ex-Ministro da Defesa, Joaquim Silva e Luna, e do antigo Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro-do-Ar Nivaldo Rossato.

Foto – Embraer

O certificado da ANAC conclui uma etapa fundamental rumo à certificação militar, quando a aeronave atingirá a Capacidade Operacional Final (FOC), prevista para ocorrer no final de 2019.

“A certificação do KC-390, a maior e mais complexa aeronave desenvolvida ao longo da história da Embraer, expressa o alto nível tecnológico atingido pela empresa”, avaliou Paulo Cesar de Souza e Silva, presidente e CEO da Embraer. “Gostaria de parabenizar as equipes que participaram do desenvolvimento deste programa em parceria com a Força Aérea Brasileira”, acrescentou.

O KC-390 tem aproximadamente 12 metros de altura e 35,5 metros de comprimento, pode levar até 23 toneladas de carga, o que inclui armamentos, blindados, tropas de paraquedistas. A aeronave pose ser transformada em UTI aérea e ser usada para missões humanitárias.

 

Veja novamente como foi o primeiro voo do KC-390 em 2015: