No dia 30 de junho, foram apresentados os resultados dos Testes de Aceitação em Fábrica (FAT) da integração do Sistema AIM-BR (Gerenciamento de Informações Aeronáuticas do Brasil) com o Banco de Dados Europeu de Serviços de Informações Aeronáuticas (INO EAD – International NOTAM Operations European AIS Database), realizados com sucesso pela Comissão de Implantação do Sistema de Controle do Espaço Aéreo (CISCEA) no período de 30 de maio a 3 de junho de 2022, na sede da IDS Air Nav, em Roma (Itália).

Essa integração é fruto do Programa DECEA-EUROCONTROL e permite que o sistema CRONOS de emissão de NOTAM realize transmissões automáticas entre o Brasil e o continente Europeu.

Esse serviço otimiza os processos tradicionais com tecnologias atuais, objetivando atingir o mais alto nível de automação dos sistemas de informação aeronáutica, conforme as orientações da Organização da Aviação Civil Internacional (OACI).

NOTAM, conhecido como “Aviso aos Aeronavegantes”, é um serviço prestado pelo Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), por meio do Instituto de Cartografia Aeronáutica (ICA), e consiste em informar à comunidade aeronáutica mundial sobre qualquer modificação no arcabouço normativo, na infraestrutura aeronáutica (aeroportos e navegação aérea), na organização do espaço aéreo, nos mapas e cartas aeronáuticos ou eventuais situações de perigo à navegação aérea.

Na próxima fase do projeto, está prevista a migração dos testes para o ambiente de produção do Instituto de Cartografia Aeronáutica (ICA) para a implantação do módulo Provider – ou seja, o ICA será também provedor de dados para a EUROCONTROL, quando a modernização AIM-BR estiver produzindo informações aeronáuticas estáticas e dinâmicas.

O NOTAM terá um importante papel como grande ator na padronização, na produção e no entendimento das informações aeronáuticas, tanto por sua estrutura robusta quanto pelos seus processos muito bem introduzidos pelas Agências Provedoras de Serviços da Navegação Aérea (ANSP).

Os testes foram conduzidos pela empresa IDS AirNav, com acompanhamento de representantes da CISCEA, do ICA, da EUROCONTROL e da IDS Brasil.

Para o chefe da Divisão Operacional (DO) da CISCEA, Tenente-Coronel Aviador Deoclides Fernandes Barbosa Vieira, esse avanço é um dos muitos benefícios advindos da parceria entre o DECEA e a EUROCONTROL.

Aviação e Tecnologia são assuntos em constante evolução, e isso, associado à previsão da OACI de o tráfego aéreo global dobrar a cada 15 anos, demonstra a importância da busca de atualizações como essa, advinda da parceria com a renomada organização, responsável por volumes de espaço aéreo entre os mais densos no mundo. Na CISCEA, sentimos orgulhosos em contribuir nessa direção”, declarou o oficial.

 

Histórico do Programa DECEA-EUROCONTROL

Como parte da Força Aérea Brasileira (FAB), o DECEA é a organização reguladora da navegação aérea no Brasil e o principal ANSP do País. O DECEA e a EUROCONTROL estabeleceram dois acordos de cooperação – que estão em vigor desde 2015 – com múltiplos projetos conjuntos, incluindo, além do citado nesta matéria, o desenvolvimento, pela EUROCONTROL, de um sistema de planejamento de força de trabalho para o Departamento e o intercâmbio de dados de plano de voo em tempo real, do DECEA para o Centro de Operações de Gerência de Rede da EUROCONTROL (NMOC).

Desde então, o DECEA vem envidando esforços para efetuar a transição de AIS (Serviço de Informação Aeronáutica) para AIM (Gerenciamento de Informação Aeronáutica). Esse conceito consiste na mudança de armazenamento e disponibilização das informações aeronáuticas para sistemas totalmente informatizados e estruturados em banco de dados, de forma a acelerar e otimizar o processo de atualização das informações para o usuário, seja Publicação de Informação Aeronáutica (AIP), Manual Auxiliar de Rotas Aéreas (ROTAER) e  NOTAM, cartas de procedimentos IFR (regras de voo por instrumentos) ou cartas visuais, mantendo-se a confiabilidade e a segurança.

Nessa linha, nas interações com a EUROCONTROL foi apresentada a Base de Dados AIS Europeia (EAD), propriedade da organização em nome dos seus Estados-Membros, sendo considerado o maior Sistema de Informação Aeronáutica (AIS) do mundo – uma solução centralizada de referência com garantia de qualidade, de última geração e totalmente integrada.

A Base de Dados AIS Europeia é uma fonte única para necessidades de informações aeronáuticas, ou seja, uma solução mais segura, rápida, precisa e econômica, com maior disponibilidade e acessibilidade das informações.  No Brasil, o AIM-BR está em evolução e implica em um conjunto de práticas de gerenciamento de informações aeronáuticas centradas em dados, visando qualidade, rastreabilidade e oportunidade.

 

Via: DECEA