Boeing 747-400. Foto - Ingrid Friedl/Lufthansa 060124_747VX_01

A formatura da primeira turma de padeiros e confeiteiros do projeto social Expandindo Horizontes aconteceu no último dia 25.09, em Guarulhos.

Os 30 jovens, com idades entre 17 e 22 anos, moradores da vizinhança do Aeroporto de Guarulhos, na Grande São Paulo, tiveram a oportunidade de fazer um curso profissionalizante, conectado a uma das áreas de negócios do Grupo Lufthansa, ao longo de 6 meses, capacitando-os para o mercado de trabalho.

Dos formandos, dez já estão automaticamente empregados e vão trabalhar na LSG SkyChefs, em Guarulhos. Eles receberam o crachá no dia da formatura.

O projeto da Help Alliance, organização sem fins lucrativos da Lufthansa, foi lançado em março deste ano com o objetivo de ampliar os horizontes de 30 jovens, nos arredores da maior unidade da América Latina da LSG Sky Chefs, onde também vive a maioria dos 1.800 trabalhadores da empresa.

Além dos dez alunos já contratados pela empresa de catering do Grupo Lufthansa, os demais também vão ter o currículo analisado para futuras vagas na empresa. O projeto também ofereceu aos três estudantes melhor colocados uma viagem a Frankfurt, na Alemanha, onde está a matriz da LSG e os escritórios centrais do Grupo Lufthansa.

Na formatura dos 30 novos padeiros e confeiteiros, estiveram presentes diretores do Grupo Lufthansa, Tom Maes, diretor sênior da Lufthansa Passage para América do Sul, Paulo Teixeira, Regional Chief Operating Officer , Luis Deyheralde, Head of Operations, Rodrigo Fernandes, General Manager – todos da LSG SkyChefs e Cleverton Vighy, da Diretor da Lufthansa Cargo no Brasil. Além dos mentores, colaboradores da Lufthansa que também participaram do projeto em contato direto com os alunos, pais, parentes e amigos dos formandos.

“Quando lançamos o projeto, falávamos abstratamente de 30 vagas em um curso. Hoje ficamos gratos e honrados por termos marcamos positivamente 30 histórias por toda vida”, disse Mariam Meletti, Coordenadora de Marketing B2C do Grupo Lufthansa no Brasil, que falou em nome da coordenação do programa. Segundo ela, todos os envolvidos hoje são “funcionários mais orgulhosos de pertencer ao Grupo Lufthansa porque a empresa nos permitiu cumprir um propósito, acreditou no projeto e nos deu todas as condições de implementá-lo”.

Uma dos jovens que teve a vida transformada pelo projeto é Larissa Alves da Silva, 22 anos. Formada em Edificações, estava desempregada e sonhava encontrar um curso gratuito na área de panificação quando viu nas redes sociais uma chamada da Escola Natasha.

“Me inscrevi sem muita fé porque morar perto era pré-requisito e eu preciso pegar quatro ônibus para chegar na escola. Nem acreditei quando fui chamada”, conta emocionada ao lado dos pais e do marido. Ela foi a melhor aluna com melhor desempenho da turma, conseguiu um emprego na LSG de Guarulhos e ainda terá a chance de fazer uma viagem de três dias para a Alemanha.

 

O conceito do projeto

O projeto Expandindo Horizontes no Brasil teve como uma das primeiras iniciativas o lançamento de um novo curso de “Panificação e Confeitaria” com o apoio financeiro da Help Alliance e a infraestrutura e a expertise da Escola Natasha. Como existem muitas empresas de catering, hotéis, hospitais e cadeias de supermercados na área, a região tem elevada demanda de mão de obra neste tipo de trabalho.

O curso profissionalizante, desenvolvido sob medida para o Grupo Lufthansa, contou com aulas teóricas (Administração, Legislação, Comunicação, Empreendedorismo, Nutrição etc) e módulos práticos com o uso de uma cozinha industrial (Higiene, Segurança do Trabalho, Manuseio de Equipamentos, leitura de receitas e preparo de alimentos), em um programa de 400 horas/ aula (com duração de 6 meses). Durante o curso, os estudantes também visitaram a cozinha da LSG e foram ao aeroporto para ver como é o sistema de abastecimento de alimentos e bebidas de uma aeronave antes do embarque.

A Help Alliance também financiou a construção de uma cozinha industrial, batizada de “Expandindo Horizontes” que foi usada para aulas práticas na escola e ficará como legado para outros projetos futuros encabeçados pelo Grupo Lufthansa ou outros parceiros. O projeto também incluiu um programa de voluntariado corporativo que promoveu orientação (mentoria) entre estudantes e funcionários locais. Através desta mentoria, os estudantes receberam uma assistência adicional e os colaboradores-mentores foram beneficiados com a oportunidade de desenvolver  habilidades de liderança.

Uma das maiores iniciativas de Responsabilidade Social da Lufthansa é a organização Help Alliance, dirigida por seus próprios funcionários. Através dos 35 projetos atualmente apoiados pela Help Alliance, cerca de 10 mil crianças e jovens têm sido cuidados e amparados. A organização sem fins lucrativos ajuda jovens a terem acesso à educação e permite que escolham os rumos das próprias vidas. Além do foco maior em educação e capacitação, a Help Alliance apoia o empreendedorismo. Nos últimos anos, algo em torno de 140 projetos foram desenvolvidos.