O mais novo Boeing 787-9 Dreamliner da Qantas (VH-ZNJ) saiu da oficina de pintura da fábrica da Boeing em Everett (EUA), usando uma pintura especial e comemorativa, relativa ao Centenário da companhia.

Nas fotos podemos observar que a fuselagem carrega cada logotipo da Qantas desde a fundação da empresa, em 2020, além da inscrição “100” misturada com a logo atual.

A aeronave deve ser entregue para a companhia no próximo mês, após uma série de testes em voo, e deve assumir voos do projeto Sunrise, operando com a matrícula VH-ZNJ.

O projeto Sunrise da Qantas visa substituir o Boeing 747 em voos sem escalas de Sydney para Londres, além de voos para a costa oeste dos Estados Unidos no futuro.

O CEO da Qantas, Alan Joyce, disse que a decoração da aeronave é um lembrete do passado da companhia aérea em sua mais nova peça de tecnologia. “A história da Qantas é a história da Austrália moderna, e os logotipos nesta libré contam essa história desde o início”, disse Joyce. “Nossas celebrações do centenário visam honrar nosso passado com um olho no futuro, por isso é muito apropriado que essa decoração especial seja usada pelo nosso mais novo Dreamliner de última geração.”

Ao longo do século passado, os Serviços Aéreos de Queensland e do Território do Norte evoluíram da entrega do correio no interior da Australia para servir como transportadora nacional, de dois passageiros por vez para 50 milhões por ano.

“Temos muitas coisas interessantes planejadas para marcar o centenário”, disse Alan Joyce.