Qantas inicia aposentadoria das suas aeronaves Boeing 747-400ER

A Qantas retirou recentemente da sua frota o primeiro Boeing 747-400ER (VH-OEF) que foi aposentado pela companhia, a aeronaves cumpriu um voo especial de Sydney até Los Angeles, e de lá foi encaminhado para um deserto de aviões.

O voo de número QF99 decolou de Sydney às 19h50 de 9 de fevereiro para sua viagem de 13 horas sobre o Oceano Pacífico. Cruzando a linha de dados internacional, chegou a Los Angeles no mesmo dia, deixando os passageiros do voo especial em Los Angeles.

A Qantas costuma fazer esses voos acima do pacífico, de transferência das aeronaves para desertos nos EUA, com passageiros a bordo. É mais uma forma da companhia faturar mesmo com um voo que teoricamente seria um prejuízo para a empresa.

“Após 17 anos de voo, nosso Boeing 747 (VH-OEF) partirá em sua jornada final de Sydney para Los Angeles. Use seus Qantas Points para reservar um assento Classic Flight Reward, a partir de 41.900 pontos (+ impostos, taxas e encargos de transportadora de US$ 232). Com grande disponibilidade na Economy, Economy Premium e Business, garanta hoje seu lugar neste voo histórico”, disse um anúncio da empresa convidando passageiros para participar do voo final do 747-400ER.

O VH-OEF, que tem 17 anos de idade, provavelmente seguirá para o deserto de Mojave, na Califórnia, para se juntar aos demais 747 aposentados pela Qantas.

Agora a Qantas tem somente cinco aviões Boeing 747-400, e deve substituir todas essas aeronaves até o final de 2020 por aviões mais novos, como o Airbus A380 e o Boeing 787.

 

DEIXE UMA RESPOSTA