Qantas inicia voos com o primeiro Airbus A321 cargueiro

Airbus A321 P2F Qantas

A ST Engineering, a Airbus e sua joint venture, Elbe Flugzeugwerke (EFW) alcançaram um marco importante em seu programa conjunto de conversão do Airbus A321 em aeronave de passageiro para cargueiro (P2F).

De acordo com as empresas, a primeira aeronave dessa versão, um A321P2F, entrou em serviço nesta terça-feira (27/10). O primeiro A321 convertido em cargueiro está sendo operado pela Qantas para a Austrália Post.

A EFW recebeu o Certificado Suplementar de Tipo (STC) original para o A321P2F da Agência de Segurança da Aviação da União Europeia (EASA) em fevereiro deste ano, e o STC de Validação da Administração Federal de Aviação dos EUA em julho

Aprimoramentos específicos do operador foram posteriormente incorporados ao cargueiro e certificados antes de sua nova entrega.

Andreas Hermann, VP Asset Management da Airbus e membro do comitê de acionistas da EFW disse: “Estamos muito satisfeitos em ver o programa A321P2F entrar em serviço. O Airbus A321 é a plataforma que, por design, oferecerá a melhor economia, capacidade de carga e desempenho no segmento de cargueiros de fuselagem estreita daqui para frente. Para qualquer proprietário de ativo, isso será uma excelente oportunidade para alavancar o crescimento futuro e ondas de substituição, sustentando a já grande proposta de valor do A321 atualmente.”

A conversão P2F dá capacidade para o Airbus A321 transportar 14 pallets de carga no deck principal, e mais 10 nos porões da aeronave. O peso máximo suportado pelo A321P2F é de 27,6 toneladas, nessa condição a autonomia máxima é de 3700 km, ideal para rotas de curta distância.

A conversão incorpora uma porta de carga principal extra grande, que é acionada hidraulicamente e trancada eletricamente. Além disso, o A321 P2F tem um piso reforçado, novos painéis de piso para operações de carga, com novo acabamento interno.


A cabine de comando foi reformulada, e une o cockpit com assentos e banheiro. O compartimento de carga é da classe E e está equipado com uma barreira rígida que suporta 9g, na separação do cockpit, com uma porta deslizante.

Em relação aos atuais Boeing 737-800 Cargueiros utilizados pela Qantas, o Airbus A321 P2F pode levar mais 9 toneladas a bordo. Essa capacidade extra é bem importante neste momento de pandemia e menor oferta de voos comerciais de passageiros.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA