Qatar Airbus A321neo

Em mais um impasse da Qatar Airways sobre problemas na pintura de seus aviões A350XWB, a Airbus decidiu cancelar a encomenda para 50 aviões Airbus A321neo da companhia árabe.

“Confirmamos que rescindimos o contrato de 50 A321 com a Qatar Airways de acordo com nossos direitos”, disse um porta-voz da Airbus.

Atualmente a Qatar Airways tem 30 encomendas para o concorrente da família A320neo, o Boeing 737 MAX. A empresa também está processando a Airbus com foco em obter uma indenização de US$ 600 milhões, pelo tempo em solo dos seus aviões A350XWB.

Continua depois do anúncio

No início de dezembro, a Airbus emitiu uma nota contestando as alegações da Qatar Airways, e lamentou a necessidade de defender sua posição e reputação e que todas as soluções dadas para a Qatar Airways foram rejeitadas por parte do cliente sem justificativa legítima, mas que busca o diálogo construtivo para resolver o assunto.

Além disso, a companhia do Golfo alega riscos operacionais com as aeronaves afetadas, sendo que 21 unidades do A350 estão sem voar por conta dos problemas de corrosão em uma subcamada da proteção anti-raio.

A companhia árabe não fez comentários sobre o cancelamento das encomendas. Atualmente a Qatar Airways opera com 22 aviões A320ceo (geração antiga) e 6 A321ceo.

Continua depois do anúncio

 

Com informações de Reuters