A Qatar Airways anunciou hoje, através da sua divisão Cargo, um pedido firme junto à Boeing para mais cinco aviões 777F, em um acordo com valor total de US$ 1,7 bilhão, quando consideramos o preço de tabela dessa aeronave.

O anúncio no Farnborough Airshow 2018 contou com a presença do Ministro das Finanças do Estado do Qatar e do Presidente da Qatar Airways, Ali Shareef Al Emadi. Esse pedido firme é derivado de uma carta de intenção assinada pela companhia em abril deste ano.

O acordo com a Qatar Airways inclui também o uso dos serviços fornecidos pela divisão Boeing Global Services, como manutenção e gerenciamento de frota.

A Qatar Cargo já tem em sua frota 13 aviões 777F, e ainda conta com outros dois 747-8F. Com este último pedido, a companhia aérea deverá aumentar sua frota de cargueiros da Boeing para mais de 20 aviões. Além disso a Qatar Airways opera com mais oito aeronaves Airbus A330-200F.

A Boeing vendeu 65 cargueiros de fuselagem larga em 2018 e mais de 180 cargueiros de fuselagem larga desde o início de 2014, o que equivale a uma participação de 98% do mercado. Na mesma época, a Boeing entregou mais de 140 cargueiros de fuselagem larga, o que representa 92% das entregas.

De acordo com a Boeing, no ano passado o mercado global de carga aérea cresceu 9%, mais do que o dobro da taxa de crescimento projetada anteriormente, de cerca de 4,2%.

Em janeiro de 2018, o crescimento acima da tendência continuou com um aumento de 8% na demanda.

O 777 Freighter é baseado no avião de passageiros 777-200LR e pode voar por 9070 quilômetros com uma carga de 112 toneladas.