Destroços do L-410. Foto via TASS.

Sete pessoas morreram e 13 ficaram feridas na queda de um turboélice LET L-410 na região de Kemerovo, no sudoeste da Sibéria, na manhã deste sábado (19). De acordo com a TASS, o bimotor pertence à Sociedade Voluntária de Assistência ao Exército, Aviação e Marinha da Rússia e estava sendo operado no lançamento de paraquedistas. 

Informações preliminares apontam que o avião teve falha no motor nº 2 pouco depois de decolar do Aeródromo de Tanai. De acordo com o Centro de Busca e Resgate da Aviação Siberiana, 20 pessoas estavam na aeronave. Dentre os mortos estão os dois pilotos e cinco passageiros. 

Um porta-voz de uma filial siberiana da Agência de Aviação Civil russa, Rosaviatsia, disse à Reuters que uma operação de busca e resgate estava em andamento, sem fornecer mais  detalhes. 

Foto via Reuters.

Esse é o segundo acidente fatal com o modelo nesta semana. Na última quarta-feira (16), a queda de um L-410 deixou três mortos na República Democrática do Congo. Assim como no acidente de hoje, a aeronave caiu pouco depois de decolar. O avião de registro 9S-GRJ era operado pela Kin Avia, tinha dois tripulantes e um passageiro e estava transportando 1.6 ton. de coberturas de ferro de Bukavu para Shabunda. 

Destroços do L410 da Kin Avia. Foto via Aviation Herald.

DEIXE UMA RESPOSTA