Quem não utilizar máscara em voo, poderá entrar na lista de exclusão da JetBlue

Foto - JetBlue/Reprodução

A utilização de máscaras em todo o mundo é uma atitude muito correta para evitar mais ainda a propagação do Covid-19, em ambientes fechados como um avião essa precaução é ainda mais importante. 

Não a toa, todas ou quase todas as companhias aéreas que estão operando atualmente em todas as partes do mundo colocaram a obrigatoriedade da utilização da máscara durante todo o processo de viagem. O processo se inicia desde a chegada no Aeroporto, ou até mesmo antes, já que muitas cidades tem o decreto de utilização de máscaras.

As empresas aéreas levam a risca essa recomendação aos passageiros e funcionários, a JetBlue levou ainda mais a sério colocando a recomendação e deixando possível de quem não respeitar a determinação poderá estar na lista de exclusão e impedido de voar pela empresa.

Em uma transmissão online ontem (01), a COO da JetBlue Joanna Geraghty, combinou um carisma agradável com uma política rígida de aplicação de regras. Ela tem visões muito claras sobre os pontos fracos na maneira como os protocolos de higiene são implementados nos aeroportos e nas companhias aéreas dos Estados Unidos. 

Mas a JetBlue tem levado muito a sério todas as normas e protocolos. Além disso, Geraghty não tem vergonha de proibir passageiros que não seguem seus procedimentos.

Desde o início de maio, a JetBlue exige que seus passageiros usem máscaras durante o voo. Essa política é baseada nas diretrizes do Center for Disease Control (CDC). Na quarta-feira(01), Geraghty disse que, mesmo que você não goste, usar uma máscara facial é uma “cortesia” para os outros.

“Usar uma cobertura de rosto não é proteger-se; trata-se de proteger as pessoas ao seu redor”. Disse Gerahty.


Na webinar, a COO da JetBlue se referiu ao que eles chamam de ABC de incentivar os passageiros a usar máscaras . O ABC significa Ask(Perguntar), Bargain(Barganha) e Convince(Convencer).

Geraghty diz que se trata de convencer os passageiros a seguir as regras. Ela observa que, em última análise, se um passageiro se recusar a cumprir, não há muito que os comissários de bordo possam fazer a respeito. Mas esse passageiro será recebido pela segurança do Aeroporto na chegada e provavelmente colocado na lista de exclusão da JetBlue.

JetBlue-No-Fly-List
Foto: Jetblue

“Sabemos que as máscaras não são ótimas para usar. Sabemos que é um mitigante significativo, por isso estamos pedindo a todos os nossos clientes que usem máscaras faciais. Nossos tripulantes a bordo são surpreendentes em convencer as pessoas a fazer coisas que elas não querem, por isso as treinamos em como gerenciar conflitos.”

“Se você quer sentar lá e simplesmente não usá-lo, então, infelizmente, teremos que revisar se queremos que essa pessoa voe no JetBlue novamente.” Disse a COO.

 

DEIXE UMA RESPOSTA