RAF declara capacidade operacional inicial do avião de patrulha-marítima P-8 Poseidon

Boeing Poseidon MRA Mk1 (P-8)- Foto: RAF

A RAF declarou formalmente uma Capacidade Operacional Inicial (COI) de sua nova aeronave de patrulha marítima, o Poseidon MRA Mk1 (P-8) . A frota Poseidon do Reino Unido, atualmente composta por duas aeronaves com mais sete a serem entregues, fortalece nossa segurança marítima, ajudando a proteger nosso pessoal e nossos interesses, em casa e no exterior.

O Poseidon agora estará patrulhando nossos mares, caçando submarinos potencialmente hostis e ajudando a defender nosso impedimento nuclear. Ele usa a mais recente tecnologia de ponta para detectar, identificar e monitorar contatos hostis acima e abaixo das ondas. Pode transportar até 129 sonobóias para procurar submarinos inimigos e pode ser armado com torpedos Mk54, se necessário, para atacar submarinos inimigos.

“Estou absolutamente satisfeito por a Força Poseidon ter atingido seu primeiro marco operacional a tempo. É uma aeronave crucial para a segurança do Reino Unido, essencial para os Aliados e a OTAN e uma das principais armas para pressionar nossos adversários em todo o mundo”, disse marechal do ar Andy Turner, vice-comandante Capability.

Primeiro P-8 Poseidon do Reino Unido- Foto: Boeing

A RAF irá operar as novas aeronaves de patrulha marítimas nos esquadrões 54 Squadron e 120 Squadron. Os Poseidon operam atualmente em Kinloss Airfield em Moray, na Escócia.

O P-8 Poseidon tem uma capacida de estabelecida e comprovada com a aeronave já em serviço e operada pela Marinha dos EUA e pela Royal Australian Air Force. A Royal Norwegian Air Force e a Royal New Zealand Air Force também decidiram comprar o Boeing P-8A Poseidon. Estamos ansiosos para trabalhar em estreita colaboração com nossos aliados da Poseidon no futuro, quando introduzirmos nossa nova aeronave em serviço.

Fonte: Royal Air Force

DEIXE UMA RESPOSTA