RAF envia um Airbus A400M para ajudar nas buscar ao C-130 acidentado

A Royal Air Force (RAF) enviará um Airbus A400M para auxiliar nas buscas ao C-130 da Força Aérea do Chile, desaparecido desde o dia 10 de dezembro.

A aeronave C-130 estava a caminho da Antártida com 17 tripulantes e 21 passageiros a bordo, a aeronave perdeu contato em sua jornada para uma base militar na Ilha King George.

Um A400M foi solicitado a prestar assistência pelos militares chilenos e pousou no Chile no dia 11 para apoiar a missão oficial de busca e resgate. Uma equipe de militar e civil também foi deslocada no A400M para ajudar na busca.

A aeronave da RAF já realizou seu primeiro voo de reconhecimento especializado com pessoal treinado em busca de sinais da aeronave desaparecida, com a equipe atuando em apoio.

A equipe do Met Office localizada nas Ilhas Falkland está fornecendo informações de previsão do tempo para as Forças Armadas do Chile, em colaboração.

O A400M está estacionado na base das Ilhas Britânicas no Atlântico Sul, presença permanente do Reino Unido no território ultramarino das Ilhas Falkland.

DEIXE UMA RESPOSTA