Tupolev
Foto: JADEC via Twitter

Um Tupolev Tu-204-100C da Aviastar de matrícula RA-64032 que se preparava para decolar do aeroporto internacional de Hangzhou Xiaoshan, na China, acabou pegando fogo. A aeronave iria cumprir o voo 4B6534 para Novosibirsk , na Rússia. Curiosamente, o Tu-204 estava com um carregamento de 20 toneladas de cargas mais 26 toneladas de combustível.

Segundo a mídia local, o fogo começou na cabine de comando da aeronave, sendo que oito tripulantes estavam a bordo, mas todos saíram da aeronave ilesos e com segurança.

Além disso, o aeroporto de Hangzhou iniciou imediatamente os procedimentos de emergência, o que não impediu o avanço do fogo e consequentemente, a avançada destruição da aeronave, impossibilitando o seu reparo.

 

 

Tupolev Tu-204

Tu-204 do incidente na China Foto: Anna Zvereva via Flickr (CC BY-SA 2.0)

Apesar da sua semelhança com um Airbus A321 e com o Boeing 757, o Tu-204 iniciou a sua vida operacional em janeiro de 1989 e tinha o 757 como concorrente direto.

Com pouco mais de 90 unidades produzidas, o Tu-204 foi produzido nas versões de passageiros, carga e combi (carga e passageiros). A aeronave foi desenvolvida para substituir os trijatos Tu-154 e hoje conta com algumas operadores como a Cubana, Air Korio e Aviastar-TU.

DEIXE UMA RESPOSTA