O projeto do novo Air Force One completou uma revisão preliminar. Essa é uma fase inicial de várias revisões a serem feitas no Air Force One, também conhecido como VC-25B. 

A Diretoria Presidencial e Executiva de Transporte Aéreo também disse em 26 de novembro que prevê que o programa VC-25B completará sua revisão crítica de projeto daqui a um ano

A Boeing ficou encarregada de adaptar um Boeing 747-8 para cumprir a missão de avião presidencial dos EUA, para isso a Boeing recebeu US$ 24,1 milhões para trabalho de projeto adicional na próxima geração de aeronaves presidenciais.

Será necessário fazer algumas modificações que incluem a adição de um sistema de comunicação da missão, atualizações de energia elétrica, instalações médica, interior executiva, sistema de autodefesa e capacidades de operações terrestres autônomas.

Se tudo correr dentro do planejado o novo VC-25B voará em 2024, e terá um custo total de US$ 3,9 bilhões. Até o atual Air Force One continuará operando, a mesma trata-se de um Boeing 747-200 que foi totalmente modificado. O atual VC-25A está em serviço desde 1991.

VC-25A Atual Air Force One- Foto: USAFe

A nova aeronave presidencial dos EUA serão dois Boeing 747-8. Da mesma maneira que hoje são dois VC-25A idênticos, o mesmo será feito com os VC-25B, tudo priorizando a segurança. Os novos Air Force One pertencia a operadora russa Transaero, que declarou falência em 2015. Os dois 747-8 foram comprados pela USAF e estão passando por certas revisões.

A Diretoria Presidencial e de Transporte Aéreo Executivo também está trabalhando para substituir o Centro de Operações Aéreas Nacionais E-4B, o Posto de Comando Aerotransportado E-6B da Marinha e o transporte executivo C-32A com um único tipo de aeronave. O programa está avaliando potenciais plataformas de substituição e sinergias de missão entre as três aeronaves e espera concluir uma análise de estudo de alternativas no final de 2019.