RIOgaleão e American se unem para divulgar o retorno de voos entre Rio e Miami

A partir da segunda quinzena de dezembro, o RIOgaleão passará a contar, novamente, com voos entre o Rio de Janeiro e Miami, operados pela American Airlines.

Depois de meses sem realizar a rota, tendo em vista o contexto de pandemia e o consequente fechamento das fronteiras aéreas, a companhia retorna ao Aeroporto Internacional Tom Jobim em um período de alta temporada e de aumento na demanda.

Para promover a retomada, a concessionária que administra o aeroporto se uniu à companhia e ao Greater Miami Convention & Visitors Bureau (GMCVB) para realizar o projeto “Visitas Virtuais”, com foco na capacitação de profissionais do setor de turismo.

As “Visitas Virtuais” têm como objetivo comunicar os novos cuidados adotados pelo aeroporto – recentemente reconhecido pelo WTTC (Conselho Mundial de Viagens e Turismo) como o primeiro aeroporto brasileiro a receber o selo Safe Travels –, pela American Airlines e pelo destino Miami em um bate-papo com agências de viagens, operadoras e consolidadoras pelo Brasil.

As conversas são realizadas em grupos, por meio de ferramentas de reunião virtual e visam promover a nova e mais segura experiência de viagem. As medidas adotadas são mostradas em fotos e vídeos, em paralelo à apresentação dos porta-vozes, que ilustram os cuidados com limpeza, uso de máscara, a nova sinalização dos espaços e as tecnologias de medição de calor no terminal – que visa identificar aglomerações – e câmeras de aferição de temperatura.

As reuniões do projeto também viabilizam a discussão de pontos importantes para os agentes de viagem, como remarcações de bilhetes, retomada das rotas, novos procedimentos e orientações no aeroporto, a bordo e no destino, lugares que já estão abertos e funcionando normalmente em Miami e capacitam os agentes de viagem para vendas que transmitam informação, confiança e segurança aos passageiros.

As reuniões do “Visitas Virtuais” acontecerão no mês de novembro, mas a primeira edição ocorreu em julho. Mais de 150 profissionais, de 15 cidades brasileiras, participaram da iniciativa até então. A expectativa é de um total de 300 pessoas impactadas pela ação.


Em um momento como esse que estamos vivendo, precisamos garantir ao passageiro que ele será exposto ao menor risco possível. Todas as empresas ligadas ao turismo estão se adaptando para que possamos retomar as atividades de um setor que já deixou de faturar mais de R$ 200 bilhões até aqui e registrou perda de 384 mil postos formais de trabalho em 2020.

Por termos imenso respeito à integridade de todos que passam pelo aeroporto para embarcar em suas viagens, estamos unindo esforços com outros importantes players, a fim de que toda a cadeia de viagem esteja alinhada nas melhores práticas –, explica Patrick Fehring, Diretor de Negócios Aéreos do RIOgaleão.

Lideram as reuniões Rafael Carrara, executivo de Aviation Marketing do RIOgaleão, Patricia Lacerda, executiva de Contas da American Airlines, e Tathiana Leal, executiva de Promoção da Imaginadora, que representa o GMCVB no Brasil.

 

Retomada internacional

A American Airlines realizará voos entre Rio e Miami a bordo da aeronave Boeing 787-8 Dreamliner, com capacidade para 234 passageiros. A cidade norte-americana é hub da companhia aérea e conecta brasileiros e outras nacionalidades com diversos outros destinos da América do Norte.

Antes da pandemia, o mercado estadunidense era o terceiro maior mercado emissor para o Rio de Janeiro, atrás somente de Argentina e Chile respectivamente.

Para os próximos meses, a expectativa é de aumento da procura por viagens ao país. Dados do Skyscanner, buscador de viagens virtual, mostram que as pesquisas de voos no mês de setembro estão próximas dos números de 2019, principalmente para viagens com antecedência de compra de até 60 dias, chegando a 90% em relação ao mesmo período do ano passado.

 

DEIXE UMA RESPOSTA