An-124 Rússia Cazaquistão
An-124 pronto para levar veículos ao Cazaquistão. Foto: Ministério da Defesa da Rússia.

Com a crise política e social que ocorre no Cazaquistão, o Ministério da Defesa da Rússia está usando dezenas de jatos de carga para levar suas tropas de paz ao país. Cerca de 74 jatos Ilyushin Il-76 e cinco Antonov An-124 estão sendo usados na operação. 

Em vídeos, é possível ver o embarque de blindados BTR e BMD-4, além de caminhões logísticos nas aeronaves das Forças Aeroespaciais. 

No dia 05 de janeiro, as tropas da CSTO (Organização do Tratado de Segurança Coletiva) foram enviadas para o Cazaquistão para conter a população que, desde o dia 02, participa de violentos protestos contra o aumento do preço do GLP. 

O aumento do preço do gás, anunciado pelo presidente Kassym-Jomart Tokayev, causou uma onda protestos que saiu do controle. A população invadiu e incendiou prédios públicos e até mesmo grupos usando cavalos participaram das manifestações contra o governo.

Dessa forma, Tokayev e o 1º Ministro fugiram do país e ainda ordenaram à polícia que atirasse para matar. Com a chegada das tropas da CSTO, espera-se que a situação volte ao controle. 

Os manifestantes chegaram a tomar o controle do aeroporto da capital Almaty, que foi retomado com a chegada de tropas russas. As tropas foram transportadas em nove aviões Ilyushin Il-76 segundo o Porta-voz do Ministério da Defesa da Rússia, Igor Konashenkov. Os militares permanecem no local.

Em comunicado, o Ministério da Defesa Russo informou que “as unidades aerotransportadas do contingente russo das forças de paz do CSTO, que realizaram marchas anteriores, estão partindo dos campos de aviação de Chkalovsky, Ivanovo-Severny e Ulyanovsk-Vostochny.”

A pasta também afirma que “as unidades do contingente de paz russo que haviam chegado anteriormente ao território da República do Cazaquistão começaram a cumprir suas tarefas.”

De acordo com a decisão do Conselho de Segurança Coletiva da CSTO, adotada em 6 de janeiro de 2022, as Forças Coletivas de Manutenção da Paz da Organização do Tratado de Segurança Coletiva foram enviadas à República do Cazaquistão por um período limitado para estabilizar e normalizar a situação.

Eles incluíram unidades das forças armadas da Rússia, Belarus, Armênia, Tadjiquistão e Quirguistão. As principais tarefas das Forças Coletivas de Manutenção da Paz do CSTO serão a proteção de importantes instalações militares e estaduais, assistência às forças da lei e da ordem da República do Cazaquistão na estabilização da situação e no retorno ao campo jurídico.

DEIXE UMA RESPOSTA