Rafale C M2000D Interceptação Rússia
Caças Rafale C e Mirage 2000D foram interceptados por caças Su-27 da Rússia. Foto: Ministério da Defesa.

Caças Su-27 Flanker das Forças de Defesa Aérea da Rússia interceptaram aeronaves Rafale e Mirage 2000D da Força do Ar e Espaço da França. O fato ocorreu na quarta-feira (08) sobre o Mar Negro. 

Em comunicado, o Ministério da Defesa Russo disse que meios de controle do espaço aéreo detectaram um grupo de aeronaves não identificadas se aproximando da fronteira, sobrevoando águas neutras do Mar Negro. 

Para identificar os aviões e evitar uma possível invasão de espaço aéreo, caças Sukhoi Su-27 das Forças de Defesa Aérea do Distrito Militar do Sul foram acionados. Ao encontrarem os alvos, os aviadores russos identificaram e escoltaram um Rafale C, um Mirage 2000 e um avião-tanque KC-135 Stratotanker, todos das Forças Aeroespaciais Francesas. 

Interessantemente, o Mirage 2000D (versão de ataque ao solo do Mirage 2000B de treinamento) carrega um pod Analyseur de Signaux Tactiques (ASTAC).

Produzido pelo Grupo Thales, o instrumento é usado em missões de reconhecimento eletrônico e é capaz de captar e analisar dados técnicos e táticos de sinais de radiofrequência, emitidos de radares de solo e sistemas de armas.

M2000D Thales ASTAC
Mirage 2000D com o pod ASTAC. Foto: Thales.

O Ministérioda Defesa diz que assim que os aviões franceses desviaram seu curso, os Su-27 voltaram em segurança para sua base de origem, destacando que os voos de caças russos foram realizados em estrita conformidade com as regras internacionais para o uso do espaço aéreo em águas neutras. Não houve nenhuma violação do espaço aéreo da Rússia. 

A interceptação dos caças franceses ocorreu um dia após um Il-20 Coot-A da Rússia ser interceptado por um par de F-16 da Polônia. 

DEIXE UMA RESPOSTA