Putin e Trump Foto: REUTERS

(Reuters) A Rússia correrá para desenvolver dois novos sistemas de lançamento de mísseis baseados em terra antes de 2021 para responder aos planos dos Estados Unidos de sair de um pacto de controle de armas nucleares, informou o governo russo nesta terça-feira.

O presidente russo, Vladimir Putin, disse no fim de semana que a Rússia suspendeu o Tratado de Forças Nucleares de Alcance Intermediário (INF, na sigla em inglês), datado da época da Guerra Fria, que proíbe EUA e Rússia de estacionarem mísseis baseados em terra e de alcance curto e intermediário na Europa.

Moscou e Washington se acusam mutuamente de violar o tratado, e Putin disse que a Rússia agiu depois que os Estados Unidos anunciarem que deixariam o acordo.

Washington deixou claro que planeja iniciar pesquisa, desenvolvimento e trabalho de projeto sobre novos sistemas de mísseis e Putin disse que Moscou fará o mesmo.