Ryanair ainda espera por seu primeiro 737 MAX antes de 2021

Foto - Woodys Aeroimages

Atualmente o Boeing 737 MAX está entrando na sua fase final de certificação, e com isso a Ryanair ficou animada com a primeira entrega antes de 2021. A empresa deveria ter recebido suas primeiras aeronaves em abril de 2019, porém um mês antes houve a paralisação global da aeronave após os acidentes fatais.

Desde então varias companhias aéreas tem cancelado seus pedidos para o 737 MAX, porém a empresa de baixo custo manteve seus compromissos. A empresa fez um estudo para ampliar o número de encomendas.

A empresa possui uma cartela grande para entregas entretanto espera também operar seu modelo diferenciado, o Boeing 737 MAX 200. A companhia aérea também estuda a possibilidade de arrendar aeronaves de outras empresas para aumentar sua capacidade e reduzir seus custos.

O 737 MAX 200 possui o diferencial de ter mais duas saídas de emergências e isso consequentemente fará com que a Ryanair coloque mais passageiros. 

“Continuamos apoiantes comprometidos com essas aeronaves” gamechanger “que têm 4% mais assentos, 16% menos queima de combustível e 40% menos emissões de ruído”, disse a companhia aérea.

Como a Ryanair busca se recuperar dos impactos da atual crise na aviação, parece que o retorno do MAX ao serviço pode ser perfeitamente sincronizado. As entregas atrasadas já afetaram os planos de crescimento da companhia aérea, afinal, sem aeronaves extras, não poderia lançar todas as novas rotas que planejava.

A empresa estima alcançar cerca de 70% de voos operados até setembro entretanto isso poderá mudar conforme as exigências dos países diminuem.

 

DEIXE UMA RESPOSTA