Ryanair arrecada € 400 milhões com venda de ações e fortalece seu caixa

A maior companhia aérea de baixo custo da Europa, a Ryanair, conseguiu realizar arrecadação de € 400 milhões com seus acionistas. A companhia colocou a venda várias de suas ações a preços mais baixos afim de conseguir melhor arrecadação de dinheiro para compor o seu caixa.

A preço de € 11,35 por ação, a empresa emitiu cerca de 35 mil ações, o que presenta um desconto de 2,6% em relação aos papeis na data de 07/09. Hoje (08/09) as ações da companhia na bolsa tiveram uma grande valorização devido a venda de papeis ter sido um sucesso.

A Ryanair não teve um impacto tão grande quanto as outras companhias europeias, devido ao seu modelo de negocio. A companhia não possui rotas muito longas internacionais, e nem oferece serviços Premium como a classe executiva e serviços diferenciados. 

A frota padronizada com o Boeing 737-800 faz com que os custos por manutenção, treinamento e valores para operar esse modelo, tendem a ser baixos. A companhia está buscando ter um fluxo bom de caixa para fazer novos planos, que foram mudados devido a Covid-19.

“Ao olharmos para o próximo ano, esperamos que haja oportunidades significativas de crescimento para o modelo de baixo custo da Ryanair, à medida que os concorrentes encolhem, falham ou são adquiridos por companhias aéreas socorridas pelo governo”, disse a Ryanair

“A colocação proporcionará à Ryanair maior flexibilidade financeira para capturar essas oportunidades”, completou.

A Ryanair realizou voos em agosto com uma ocupação abaixo da metade em relação ao mesmo período um ano antes. Entretanto, a companhia tem um balanço patrimonial bem estruturado, com cerca de € 3,9 bilhões em dinheiro.


A divida que tem vencimento em 2021 é no valor de € 1,9 bilhão, a companhia ainda possui um Eurobond de € 850 milhões e € 600 milhões arrecadados pelo programa de ajuda do governo do Reino Unido, sobre o impacto da Covid-19 no setor aéreo.

 

DEIXE UMA RESPOSTA